Zorro – Lone Ranger – O Cavaleiro Solitário – PARTE III

Zorro – Lone Ranger – O Cavaleiro Solitário – Parte 5


A
King Features Syndicate distribuiu as tiras para o jornal de The Lone
Ranger (Zorro) entre setembro de 1938 a dezembro de 1971. As tiras
originais foram produzidas pelo artista Ed Kressy, mas ele foi
substituído em 1939 por Charles Flanders que permaneceu até o
encerramento das tiras. Em 1981 a New York Times Syndicate lançou uma
segunda tira do herói mascarado, escrito por Cary Bates e arte de Russ
Heath até 1984. Essas tiras viraram dois enredos de um comic book
chamado de “Pure Imagination Publishing” em 1993.

A
partir de 1962, a Gold Key Comics continuou a publicar as revistas do
herói mascarado até 1977. O índio Tonto também foi editado em revista
própria em 1951, num total de 31 edições, assim como o cavalo Silver em
1952 com 34 edições. Também foram lançadas três Anuais e uma adaptação
do filme de 1956. No Brasil, várias dessas publicações foram lançadas
pela Editora Ebal, como a revista Zorro, até fins da década de 70.

No
Brasil a série Lone Ranger foi apresentado inadequadamente como Zorro,
provavelmente devido ao herói usar uma máscara negra que escondia sua
verdadeira identidade, mas a série acabou se confundindo com a
verdadeira história de Zorro, que foi apresentada pela série de
televisão O Zorro, o herói de capa e espada, produzida pela Walt
Disney. Outra confusão é o fato do companheiro do Cavaleiro Solitário
se chamar Tonto, pois a tradução original foi mantida, o que causou um
certo constrangimento ao personagem, pois em português a palavra “tonto
acaba tendo uma conotação pejorativa, significando um trapalhão ou
desajeitado, o que não tinha nada a ver com o índio, que se mostrava um
valoroso combatente dos fora-da-lei.

Clayton
Moore nasceu como Jack Carton Moore em 14 de setembro de 1914 e ficou
famoso por interpretar o personagem Lone Ranger (O Cavaleiro
Solitário), apresentado equivocadamente como Zorro, no Brasil. Antes de
iniciar sua carreira de ator, Moore foi trapezista e dublê de atores em
serials da Republic, até o seu sucesso a partir de 1949.

Depois
do encerramento da série de televisão, Moore praticamente não obteve
outras propostas, pois o personagem acabou marcando demasiadamente em
sua carreira e passou a fazer aparições públicas beneficente sempre
vestidas como o personagem.

Por
volta de 1975, acabou sendo proibido de se apresentar como o herói
mascarado pelo uso indevido da marca e então passou a usar um óculo
escuro e chapéu de cowboy, o que lembrava bastante a figura do
mascarado. Foi casado quatro vezes e morreu em 28 de dezembro de 1999,
em Los Angeles.

Jay
Silverheels nasceu como Harold J. Smith, no dia 26 de maio de 1919 e
mudou o nome de nascimento legalmente para o artístico em 1971. Jay era
um índio puro da raça Mohawk, nascido numa das Seis Nações Reserva
índia em Brantford, Ontario, Canadá e era um, de sete irmãos e irmãs.

Jay
foi um atleta antes de se tornar um ator. Ele era um lutador, pugilista
e jogador de lacrosse e se tornou um jogador muito próspero no Canada´s
National Lacrosse Team. Jay estava com este time quando veio para o EUA
em 1938.

Entre
muitos filmes, Jay foi Geronimo em dois diferentes seriados: Broken
Arrow e Walk the Proud Land. Ele era muito dedicado a ajudar outros
atores americanos nativos (índios) e foi um forte opositor à prática de
contratar atores brancos para representar os índios. Ele achava
importante dar aos atores americanos Nativos (índios) a oportunidade
para representar esses papéis.

Então
ele criou a Indian Actors Workshop em Echo Park, por volta de 1960 e
encorajava ativamente os artistas jovens e talentosos a estudarem a
arte dos indios americanos. Também se tornou um próspero criador de
cavalos de corridas.

Jay
Silverheels era viúvo de Mary Diroma, que morreu em 1946, com quem teve
dois filhos. Ele morreu em 5 de março de 1980. Seu corpo foi cremado e
mais tarde suas cinzas voltaram a ser enterradas na reserva indígena de
Six Nations Indians Reserve. Seu nome permanece na Calçada da Fama de
Hollywood na 6538 Hollywood Boulevard.

Zorro – Lone Ranger – O Cavaleiro Solitário – Parte 6


Abertura: The Lone Ranger

Elenco

Clayton Moore (Lone Ranger)

John Hart (Lone Ranger) 1952/54 episódios 79-130

Jay Silverheels (Tonto)

POSTAGEM EXTRAIDA DO SITE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: