Zorro – Lone Ranger – O Cavaleiro Solitário – PARTE II

https://i2.wp.com/seriesedesenhos.com/br/images/stories/the-lone-ranger.jpg

Zorro – Lone Ranger –  O Cavaleiro Solitário –
Parte 3


 

 

The Lone Ranger (Zorro) também inspirou inúmeros
comics, livros e dois filmes serials, de 15 capítulos cada, produzidos
pela Republic Pictures: "The Lone Ranger" em 1938, estrelado por
Lee Powell e "The Lone Ranger Rides Agains" em 1939, interpretado
por Robert Livingston. Em seguida surgiu a série de televisão Lone Ranger,
em "live-action", entre 1949 a 1957, num total de 221 episódios,
protagonizado por Clayton Moore, entretanto o personagem também foi
interpretado por John Hart entre 1952 a 1954. Jay Silverheels interpretou
Tonto.

 


The Lone Ranger Rides Agains – 1939

 

A série de televisão tinha como narrador inicialmente Gerald
Mohr, que também narrou sete episódios da série de rádio nos anos de 1949,
1950 e 1952. Fred Foy que também narrou a série de rádio em 1948, se
tornou o anunciador na versão para a televisão quando o programa de rádio
foi encerrado.

 


 

Embora George W. Trendle tinha o título como produtor, ele
reconheceu que a sua experiência na rádio não seria adequada para produzir
uma série de televisão, desse modo, a MGM resolveu trazer o veterano
produtor Jack Chertok, que trabalhou como produtor para os primeiros 182
episódios da série televisiva.

 

John Hart


 

No meio de uma das temporadas da série, o ator Clayton Moore,
entrou em conflito, por motivos nunca explicados adequadamente,
provavelmente por questões salariais, com os produtores e foi ficou
afastado e em seu lugar foi contratado o ator John Hart por duas
temporadas. Depois Moore retornou a desempenhar o papel novamente até o
encerramento da série, que terminou em 12 de setembro de 1957, embora a
rede ABC reprisasse a série por vários outros anos.

 

 

Duas longas metragens também foram produzidas com Moore e
Silverheels: "The Lone Ranger" em 1956 e "The Lone Ranger and
the Lost City of Gold
" em 1958. Alguns anos depois, em 1961, a rede
CBS resolveu reavivar a série de televisão com o título de "Return of the
Lone Ranger
" (O Retorno do Cavaleiro Solitário), mas somente o episódio
piloto foi concluído. O herói era interpretado por Tex Hill nesta
produção.

Zorro – Lone Ranger – O Cavaleiro Solitário – Parte
4



 

 

Uma série animada The Lone Ranger (Zorro) aconteceu
entre 1966 a 1968, produzido pela Format Films, com vozes de Michael Rye
como Cavaleiro Solitário e Shepard Menken como Tonto, que foi exibido
originalmente pela rede CBS, nos Estados Unidos, com duração de 30
episódios, separados em três segmentos cada, formando um total de 90
apresentações. Estas aventuras tinham o tom e a natureza de uma ficção
científica, os enredos eram bastante estranhos e bizarros. Até mesmo o
vilão do herói era um anão.

 


 

Por volta de 1980 a 1982 O Cavaleiro Solitário foi
caracterizado como Zorro e Tarzan em "The Tarzan/lone Ranger Adventures
Hour
" e "The Tarzan/Lone Ranger/Zorro Adventures Hour",
produzida pela Filmation, com voz de William Conrad como o homem
mascarado, entretanto nos créditos foi listado como J. Darnoc (Conrad
soletrado de trás para frente). A voz de Tonto foi interpretado por Ivan
Naranjo. O desenho animado teve 14 episódios, cada episódio foi dividido
em duas aventuras, totalizando um total de 28 histórias.

 

 

Em 1981, um remake moderno do Cavaleiro Solitário foi
produzido com o nome de "The legend of the Lone Ranger", mas o
filme acabou se transformando num fracasso espetacular, principalmente
pelo fato do filme descrever eventos da vida e carreira do Cavaleiro
Solitário com muitas mudanças. Vários eventos importantes foram alterados
e abordados de maneira completamente diferentes da série do rádio e da
televisão, mostrando até certo ponto o herói como um idiota e ineficaz sem
o parceiro Tonto.

 

 

Em 2001, a Gootimes Home Video realizou um vídeo chamado
"The Lone Range: The Lost Episodes", mostrando capítulos perdidos,
juntamente com clipes do primeiro consecutivo e outras coisas como
comerciais com Moore e às vezes com Silverheels, entre outros.

 

 

Em 2003, a rede Warner Bros realizou um telefilme de duas
horas do Cavaleiro Solitário para a televisão e também como uma possível
série posterior, mas o filme, assim como o filme de 1981, mostrou uma
história contraditória, tornado o herói numa versão de Zorro vaqueiro e,
por conseguinte o projeto acabou sendo arquivado.

 

 

O Cavaleiro Solitário foi comercializado também como
brinquedo, vídeo game e até em livros. O primeiro romance surgiu em 1936 e
eventualmente publicados em 18 volumes. O primeiro livro foi escrito por
Gaylord Dubois e os outros por Fran Striker, utilizando o nome de Francis
Hamilton. Striker também re-editou e re-escreveu partes de edições
posteriores do primeiro romance. As publicações entre 1936 e 1956, foram
encadernados por Grosset and Dunlap, e estas histórias foram reimprimidas
em 1978 através da editora Pinnacle Books.

POSTAGEM EXTRAIDA DO SITE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: