Leno da dupla Leno e Lilian…

Leno…
 
No Brasil é muito difícil falar de
Leno sem da uma referência
a dupla Leno e Lilian.

Pois ele ficou mais conhecido na época
em que cantava em dupla com Lilian.
e sua carreira solo é um pouco complexa.

( Capa do LP Não Acredito de 1967 )

As Faixas Desse Disco – Não Acredito 1967

01 – Não Acredito
02 – Um Novo Amor Surgirá
03 – Ouçam Todos
04 – Parem Tudo
05 – Resta Esperar
06 – Não Vai Passar
07 – Sua Lembrança
08 – Não Vou Mais Pensar Em Você
09 – O Mentiroso
10 – Nem Mesmo Em Sonho
11 – A Mania Que Eu Tenho
12 – Coisinha Estúpida

Quem é Leno…?
Por incrível Que Pareça Muitos
Brasileiros Não Conhecem Esse
Gênio da Nossa Música….

Hoje Em Dia é Normal As Pessoas Ouvirem
As Músicas e Nem Ligar Pra Saber o
Nome da Música ou Quem Canta.

Até Mesmo Nas Rádios ( Vergonhosamente ),
os Locutores Na Maioria das Vezes
Nem Divulgam o Nome da Música
Tocada ou Quem Cantou
e Escreveu A Letra.

Coisa Que Nos Velhos
Tempos Agente Não Via.

Geralmente O Locutor Falava
O Nome da Música e
Todos os Detalhes do Artista!

Era Muito interessante ouvir o Rádio,
Dava Gosto Mesmo, Hoje
infelizmente Está uma Merda, é Contado
Nos Dedos os Locutores Que
Vale A Pena Está numa Rádio!

Bom…! Vamos Falar de Leno e Chega de
Desculhambar os “Zé Cús” da Vida…

Leno…!???

Gileno Osório Wanderley de Azevedo formou ao lado de
Silvia Lilian Barrie Knapp a dupla romântica da Jovem Guarda,
Leno e Lilian. Em 1966, aos 16 anos, fez sucesso ao lado dela
com “Pobre Menina”. Dois anos depois seguiu carreira solo. 
( Leno e Roberto Carlos )
Capa do Disco
Vida e obra de Johnny McCartney – 1971

Vida e obra de Johnny McCartney 1971

As Faixas:

01 – Johnny McCartney
02 – Por que Não?
03 – Lady Baby
04 – Sentado no Arco-Íris
05 – Pobre do Rei
06 – Peguei uma Apollo
07 – Sr. Imposto de Renda
08 – Não há Lei em Grilo City
09 – Convite para Ângela
10 – Deixo o Tempo Me Levar
11 – Contatos Urbanos
12 – Bis
13 – Johnny McCartney

(Raul Seixas e Leno Verso da Capa)

Já tendo lançado “Leno” e “A Festa de Seus 15 Anos”,
ambos seguindo a linha romântica, Leno foi aos Estados Unidos,
voltou influenciado pelo flower power e decidiu mudar sua postura,
que passou a ser mais contestatória e política. Em 1971,
ao lado do Raul Seixas, então Raulzito, produtor da CBS, criou
“Vida e Obra de Johnny McCartney”, primeiro disco gravado em
oito canais no Brasil, o máximo de tecnologia na época.

Com temas como reforma agrária, censura, tortura, drogas
e repressão, “Vida e Obra” foi censurado e dormiu durante
25 anos na gaveta.

(Leno Numa Apresentação Recente)

Leno passou uma temporada morando
nos Estados Unidos
e na volta produziu os grupos
Flor de Cactus e Os Lobos.
Nesses anos lançou discos com
repertório ligado ao rock
e compôs para Erasmo Carlos, Amelinha,
Renato e seus Blue Caps
e Raul Seixas.

Sua música “Rosa de Maio”
foi incluída na trilha de “Livre para Voar”
(TV Globo).

Em 1995, sua gravadora Natal Records
lançou “Vida e Obra de Johnny McCartney” e
vem relançando discos da época em
que fazia dupla com Lilian.

Visite o site oficial de Leno

http://www.leno.com.br/

Argeu Bernardo de Andrade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: